Siderurgia e Vale pesam e Bovespa fecha na mínima do dia

Notícia sobre entrada da Ternium no bloco de controle da Usiminas pesou também sobre as ações da Vale

Claudia Violantre, da Agência Estado,

29 de novembro de 2011 | 18h27

O mercado acionário doméstico teve um pregão instável e com giro minguante. O Ibovespa teve várias reprises de alta e baixa até firmar-se no vermelho, à tarde, mesmo período em que o ritmo diminuiu, baixando a previsão para o dia do volume financeiro. Siderúrgicas e Vale recuaram, pressionando o principal índice à vista, que terminou na contramão do exterior.

O Ibovespa encerrou o pregão em queda de 1,28%, aos 55.299,76 pontos, na mínima do dia. Na máxima, atingiu 56.364 pontos (+0,62%). No mês, acumula perda de 5,21% e, no ano, de 20,21%. O setor siderúrgico ainda sofreu com o noticiário envolvendo a entrada da Ternium no bloco de controle da Usiminas, o que também acabou pesando sobre as ações da Vale. Vale ON terminou em baixa de 1,41% e PNA, de 1,65%. Usiminas ON caiu 5,26%, PNA, -6,33%, CSN ON, -4,06%, Gerdau PN, -4,07%, e Metalúrgica Gerdau PN, -3,71%

A Bovespa acabou se distanciando dos mercados externos, que subiram à espera do resultado do encontro dos ministros de finanças da zona do euro (Eurogrupo). Uma medida aguardada pelo mercado é sobre a reforma da Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês), o fundo de resgate da zona do euro. Uma fonte disse que a linha será alavancada de 2 a 3 vezes, o que deve elevar sua capacidade atual a até 1,3 trilhão de euros. Uma outra fonte confirmou que no encontro de hoje ficou acertada a liberação da próxima parcela de auxílio financeiro, de 8 bilhões de euros, à Grécia.

Os principais índices do mercado de ações da Europa fecharam em alta. Nos EUA, as bolsas em Wall Street também avançavam, ainda influenciadas pelo aumento na confiança dos consumidores norte-americanos. Na Nymex, o contrato do petróleo para janeiro avançou 1,61%, a US$ 99,79 o barril. Petrobras ON recuou 0,89% e a PN perdeu 0,42%.

Tudo o que sabemos sobre:
bovespaValesiderurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.