SonaeCom registra oferta pela Portugal Telecom na CVM portuguesa

A SonaeCom registrou na sexta-feira na CMVM, a comissão de valores mobiliários portuguesa, sua oferta de 9,5 euros por ação pela concorrente Portugal Telecom (PT), empresa que no Brasil divide com a espanhola Telefónica o controle da Vivo.A proposta avalia a operadora portuguesa em 11,1 bilhões de euros (US$ 14,64 bilhões) e coloca um ponto final nas especulações de que o grupo poderia modificar os termos de sua oferta, anunciada pela primeira vez em fevereiro do ano passado.O longo processo de aprovações da Autoridade da Concorrência (AdC) e da Anacom, órgão que regulamenta as telecomunicações no país, finalmente foi concluído em 22 de dezembro, quando a autoridade antitruste deu sua aprovação final para o acordo.A PT é a maior provedora de telefonia fixa e móvel de Portugal, enquanto a SonaeCom é a segunda maior provedora de serviços de telefonia móvel do país. Os reguladores vão obrigar a SonaeCom a se desfazer dos negócios de cabo ou telefonia fixa da PT e de uma das duas licenças detidas pela empresa para operar telefonia celular - se a transação seguir adiante.O conselho da Portugal Telecom rejeitou a proposta da SonaeCom, alegando que ela subavalia a companhia, além de tomar outras medidas para se desvencilhar da investida. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.