Submarino lidera quedas da Bovespa após divulgar vendas

As ações do Submarino reagem em forte queda de 4,56%, para R$ 40,80, após 287 negócios, ao anúncio dos dados preliminares do terceiro trimestre deste ano, divulgados ontem à noite. Trata-se da maior baixa entre todos os papéis da Bolsa de Valores de São Paulo no início de pregão esta manhã. Na comparação com igual período de 2005, as vendas brutas da companhia cresceram 35%, para R$ 211,9 milhões, e a base de clientes teve incremento de 40%, alcançando 1,7 milhão. O tíquete médio foi de R$ 245,00, com crescimento de 5,3% em relação ao terceiro trimestre de 2005 e de 11% frente ao segundo trimestre deste ano. As informações não incluem dados da Submarino Viagens e Turismo, Submarino Finance e Ingresso.com.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.