Subscrição de sobra de ações da TAM vai até 28/9

Aumento de capital visa à aquisição da TAM Milor Táxi Aéreo, titular das marcas TAM e correlatas utilizadas pela companhia e demais empresas coligadas

Agência Estado,

22 de setembro de 2010 | 14h23

O período de subscrição das sobras de frações de ações provenientes do aumento de capital realizado pela TAM vai de hoje até a próxima terça-feira, 28/09.

 

A operação de aumento de capital envolve um total de 5.621.634 novas ações ordinárias, ao preço de emissão de R$ 25,69 cada uma. Foram subscritas ações no valor de R$ 144.395.628,86, sendo que restaram 937 ações decorrentes do grupamento de frações.

 

Os acionistas que fizeram suas reservas durante o período de preferência têm direito a subscrever tais sobras de fração de ações à proporção de 0,01667054% ação por cada subscrita. Caso essas 937 ações não sejam totalmente

integralizadas, haverá leilão em bolsa, como explica a TAM em comunicado.

 

O aumento de capital visa à aquisição da TAM Milor Táxi Aéreo, titular das marcas TAM e correlatas utilizadas pela companhia e demais empresas coligadas. A emissão eleva o capital social da TAM para R$ 819,9 milhões, representado por 55.816.683 ON e 100.390.098 ações PN. A aquisição da TAM Milor custa à companhia R$ 170 milhões, 15% pagos em dinheiro.

Tudo o que sabemos sobre:
TAMaçõessubscrição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.