Synergy deve colocar estaleiros Eisa e Mauá à venda

O Synergy Group Corp está planejando vender sua unidade de estaleiros brasileiros por US$ 1 bilhão. O conglomerado, que é de propriedade do empresário Germán Efromovich, paralisou a produção no início de junho por falta de dinheiro, de acordo com Omar Peres, assessor de Efromovich.

Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2014 | 16h04

"Estamos trabalhando na reestruturação da atividade (de estaleiro) da empresa e a venda é provável até o final deste ano", disse Peres. Ele afirmou que há interesse de potenciais compradores, mas se recusou a nomeá-los. Os estaleiros, conhecidos como EISA e Mauá, estão localizados no Rio de Janeiro. O plano de Efromovich "é vender todos os seus ativos na indústria de estaleiro e concentrar seus investimentos em seus ativos existentes", disse Peres. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Synergy Groupvenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.