Tarifa de energia cai no Amazonas e sobe em Roraima

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje redução média nas tarifas da Companhia Energética do Amazonas (Ceam) e reajuste nas tarifas da Companhia Energética de Roraima (CER).No Amazonas, houve redução média de 5,38%. Para os consumidores residenciais, as tarifas cairão 7,1%, enquanto as indústrias terão de pagar 1,63% a mais de energia. As novas tarifas começarão a vigorar amanhã. A Ceam fornece energia a 184,2 mil unidades de consumo, em 61 municípios do interior do Estado.Para Roraima, foi aprovado reajuste médio de 8,02%. O aumento para os consumidores residenciais e industriais será, neste caso, o mesmo: 6,46%. Técnicos da agência explicaram que no caso da CER não foi feito o chamado realinhamento, que permite a diferenciação entre as tarifas de residências e de indústrias, porque a companhia não enviou à agência os documentos necessários para que essa diferenciação fosse feita. A Aneel também informou que o reajuste deste ano da CER levou em conta as operações da empresa, nos últimos dois anos, já que no ano passado o reajuste da empresa não foi homologado. A CER abastece cerca de 21,5 mil unidades consumidoras em 15 municípios, no interior do Estado.As novas tarifas passam a vigorar amanhã, em ambos os Estados.

Agencia Estado,

31 de outubro de 2006 | 14h18

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.