Taxas dos DIs abrem em alta acompanhando alta do dólar

Os juros futuros abriram com viés de alta nesta terça-feira, 12, acompanhando o movimento de valorização do dólar. Os ganhos da moeda são motivados pelas expectativas de que o Federal Reserve comece a reduzir suas ações de estímulo no próximo mês, após dados positivos divulgados recentemente sobre a economia norte-americana.

LUCIANA ANTONELLO XAVIER, Agencia Estado

12 de novembro de 2013 | 10h41

Por volta das 9h45, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2015 apontava 11,03%, de 11,01% no ajuste de segunda-feira, 11. O DI para janeiro de 2017 indicava 12,25%, ante 12,22% ontem. Além da alta do dólar, os juros futuros acompanham os ganhos dos Treasuries, que ontem não foram negociados em função do feriado do Dia do Veterano nos EUA. O yield da T-note de 10 anos avançava a 2,779%, de 2,750% no fim da tarde de sexta-feira, 8.

O mercado de juros também aguarda o leilão de NTN-B, que será realizado às 12 horas. Enquanto isso, se cristalizam as apostas de mais três altas da Selic de 0,50 ponto porcentual nas próximas três reuniões, seguidas de duas elevações de 0,25 ponto porcentual. Esta manhã, saiu o dado de inflação percebida pelas famílias de baixa renda, o IPC-C1, que subiu 0,73% em outubro, de 0,16% em setembro, mas não mexeu com os DIs na abertura. Também só foi observado, sem alterar o humor do investidor, a informação de que o emprego na indústria recuou 0,9% no terceiro trimestre de 2013, em relação aos três meses imediatamente anteriores.

Tudo o que sabemos sobre:
juros futurosdólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.