Telefônica lançará serviço de TV paga este ano

O grupo espanhol Telefônica, que opera a telefonia fixa em São Paulo, espera lançar no fim deste ano serviços de televisão paga por satélite e pela Internet, disse hoje o diretor de desenvolvimento de negócios da empresa, Gilberto Sotto Mayor, no Primeiro Congresso Latino-Americano de Satélites, que está sendo realizado no Rio. Ele explicou que o serviço de televisão por assinatura via satélites da Telefônica no Brasil está integrado ao projeto da companhia na América Latina, que será sediado no Peru. Naquele país o grupo já tem a empresa de televisão Cable Mágico.Além disso, o grupo quer oferecer serviços na Internet, com pagamento extra, como os vídeos sob demanda (on-demmand). O executivo disse que o grupo está negociando com vários canais internacionais e já fechou acordo para os serviços na Espanha e no Peru. Sotto Mayor informou ainda que o grupo está negociando individualmente com as emissoras de televisão abertas brasileiras para exibição dos seus canais nos pacotes que serão oferecidos. Não informou, porém, se esses canais da TV aberta brasileira serão, de fato, exibidos pelo novo serviço da empresa.As emissoras de televisão no Brasil costumam lembrar que a legislação de radiodifusão tem uma série de exigências que as operadoras hoje não teriam condições de atender, como a presença de capital estrangeiro nas emissoras, o que inibiria empresas como a Telefonica de atuar no setor. Sotto Mayor não comentou a lei de radiodifusão, mas disse que IPTV é basicamente vídeo na Internet e não existe marco regulatório para a web. De acordo com ele, "não existe nenhuma restrição, nenhuma regra, nenhuma lei, nada, que impeça a Telefônica de prestar serviço de TV por satélite no Brasil", disse. Ele informou que o grupo já pediu à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) uma licença para TV por assinatura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.