Teles devem receber R$ 5 bilhões do BNDES até 2009

Os novos financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o setor de telecomunicações poderão chegar a pelo menos R$ 5,1 bilhões nos próximos três anos. Desse total, R$ 2,1 bilhões foram recém-aprovados para a Brasil Telecom (BrT) e outros R$ 3 bilhões estão em análise. De forma geral, o setor está partindo para o aperfeiçoamento da infra-estrutura e de novas plataformas tecnológicas, além dos investimentos exigidos para o cumprimento de metas.Segundo o chefe do Departamento de Telecomunicações do BNDES, Alan Fischler, as operadoras buscam ampliar a oferta de serviços para os clientes e, com isso, expandir a receita. O número de usuários na telefonia fixa, por exemplo, está estável. Fischler comenta que o segmento está bem atendido e não se espera um grande crescimento no total de consumidores. Estima-se que sejam 39 milhões de assinantes da telefonia fixa, para pouco mais de 50 milhões de domicílios.A estratégia básica é partir para pacotes multisserviços, com a utilização de banda larga, o que exige pesados investimentos em novas plataformas operacionais e tecnologia da informação. As quatro grandes setor - Brasil Telecom, Telemar, Embratel e Telefônica - estão atentas às novas tendências.O financiamento aprovado na sexta-feira para a BrT é um exemplo do movimento. Os valores serão utilizados para a expansão da infra-estrutura de rede (voz, dados e imagem) e de tecnologia da informação. Os recursos apoiarão vários investimentos, incluindo uma plataforma de IPTV (televisão pela internet). Aumento de qualidade e de cobertura de serviços de telefonia na região original da empresa (Sul, Centro-Oeste e parte do Norte) também estão no plano da companhia.Como as demais concorrentes, a empresa busca, na prática, agressividade para manter os clientes ampliando os serviços ofertados, além da necessidade de atender as metas do órgão regulador. O financiamento para a BrT é o maior já concedido pelo banco de fomento a uma empresa do setor. Nos últimos dois anos, o BNDES aprovou financiamentos de R$ 3,7 bilhões para as empresas do setor, que representaram R$ 9,4 bilhões de investimentos.Segundo Fischler, os financiamentos analisados pelo banco deverão equivaler a novos investimentos perto de R$ 8 bilhões - o montante não inclui os investimentos da BrT, cujos valores não foram revelados pelo banco. Porém, a informação é de que apenas este ano a operadora vai investir R$ 1,8 bilhão do total previsto para 2006 a 2008.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.