Temor sobre juros faz Bolsa de NY fechar em queda

O mercado norte-americano de ações fechou em queda. O forte indicador de postos de trabalho criados em dezembro levou os investidores a temerem que o banco central dos Estados Unidos não vai reduzir as taxas de juro em breve. Segundo o estrategista Alan Gayle, da Trusco Capital Management, o que assustou mais os investidores nos dados divulgados hoje "foi o componente de elevação dos salários. Esse componente, em especial, desafiou o consenso atual do mercado, de que o Fed passará a reduzir as taxas de juro". O número de vagas de emprego criadas no país em dezembro foi de 167 mil, mais que o esperado por analistas (115 mil) - indicando vigor na atividade - mas o crescimento de 0,50% do ganho salarial médio por hora trabalhada, também superando as estimativas de mercado (alta de 0,30%), reforçou os temores quanto à inflação. Ações As ações da Motorola caíram 7,8%, depois de a empresa fazer um alerta de queda nos lucros. As da indústria de suplementos alimentares Herbalife caíram 24%, anulando a alta de 23,5% acumulada em 2006, depois de a empresa oferecer projeções fracas de vendas e de receita para o ano. As da General Motors subiram 2,0%, em reação ao informe de que as vendas da empresa fora dos EUA em 2006 contrabalançaram seu desempenho fraco no país. As ações do NYSE Group subiram 7,7%, depois de a gestora da Bolsa de Nova York dizer que o plano de fusão com a Euronext está "nos trilhos" e deverá ser concluído ainda no primeiro trimestre. As ações da Alcoa, que abre a temporada de divulgação dos resultados do quarto trimestre na próxima terça-feira, caíram 1,20%. Índices O índice Dow Jones fechou em queda de 82,68 pontos, ou 0,66%, em 12.398,01 pontos. A mínima foi em 12.365,41 pontos e a máxima em 12.480,13 pontos. O Nasdaq encerrou o dia em baixa de 19,18 pontos, ou 0,78%, em 2.434,25 pontos, com mínima em 2.420,59 pontos e máxima em 2.445,07 pontos. O Standard & Poor's-500 caiu 8,63 pontos, ou 0,61%, em 1.409,71 pontos. O NYSE Composite recuou 88,12 pontos, ou 0,97%, em 9.025,04 pontos. O volume negociado na NYSE alcançou 1,777 bilhão de ações, de 1,775 bilhão ontem; 818 ações subiram, 2.510 caíram e 143 fecharam nos mesmos níveis de ontem. No Nasdaq, o volume ficou em 2,122 bilhões de ações negociadas, de 2,142 bilhões ontem, com 815 ações fechando em alta e 2.274 em queda. Na semana, o Dow Jones acumulou uma queda de 0,52%; o Nasdaq, uma alta de 0,78%; e o S&P-500, uma baixa de 0,61%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.