Tereos lança negócio para distribuição global de açúcar

A Tereos, quinto maior produtor mundial de açúcar, acaba de criar a Tereos Commodities, para investir na distribuição de açúcar branco. Em comunicado, a empresa informa que pretende conquistar uma participação de mercado de 15% na distribuição de açúcar refinado em todo o mundo até 2020.

Estadão Conteúdo

07 de novembro de 2014 | 12h37

A empresa está de olho na reforma do regime de mercado de açúcar na União Europeia. A partir de 2017, o bloco estará livre para exportar para um mercado global em expansão, que cresce a uma taxa anual de 2% a 3%, impulsionada pelos países emergentes, principalmente na Ásia e na África. Depois de ter liderado mundialmente a exportação de açúcar branco por muitos anos, a União Europeia viu suas exportações limitadas a 1,350 milhão de toneladas a partir de 2005. A Tereos anunciou recentemente que irá aumentar sua produção em 20% na Europa em 2017.

Segundo estimativas do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a produção mundial de açúcar em 2014/15 deverá totalizar cerca de 175,6 milhões de toneladas. A Tereos informa que Patrick Dean encabeçará o negócio de comercialização e distribuição de açúcar. Na Europa, a Tereos opera 12 fábricas. No Brasil, país líder na exportação de açúcar no mundo, com cerca de 50% do mercado, a Tereos é o terceiro maior produtor, com sete fábricas em operação.

Tudo o que sabemos sobre:
Tereosaçúcarexportações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.