Termina greve de metalúrgicos de Volks, Renault e Volvo

Cerca de 11 mil metalúrgicos em greve da Volkswagen, Renault e da Volvo no Paraná aceitaram a oferta apresentada pelas montadoras e decidiram encerrar a paralisação iniciada há quase uma semana no Estado, disse um porta-voz do sindicato. Os funcionários aceitaram a proposta de aumento salarial real de 4,19% agora em setembro, e de uma parcela adicional de 0,78% que entrará em vigor em janeiro. As companhias também concordaram em dar um bônus extraordinário de R$ 700 por trabalhador. No Paraná, a Volkswagen produz 810 veículos leves por dia, enquanto a Renault fabrica 300 e a Volvo, 40 caminhões. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

26 de setembro de 2006 | 14h51

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.