Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Termômetro Broadcast Bolsa: Com pouca mudança, quadro de expectativas segue sem previsão de baixa

Dos participantes da pesquisa, 70% apostam em alta do Ibovespa, enquanto outros 30% falam em estabilidade; índice fechou a semana em queda de 2,6%

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2021 | 21h00

O quadro de expectativas do mercado financeiro para o desempenho das ações no curtíssimo prazo teve poucas alterações no Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira, 30. Pela terceira edição consecutiva, nenhum dos participantes disse esperar queda para o Ibovespa na próxima semana. Os que acreditam em alta são 70% e em estabilidade, 30%, ante 75% e 25%, respectivamente, no levantamento anterior. O índice fechou a semana com queda de 2,60%.

No Brasil, no período entre 2 e 6 de agosto, as atenções estarão voltadas à decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), à temporada de balanços - que tem bancos e Petrobras em destaque -, e à retomada das atividades no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal (STF). Pesquisa realizada pelo Projeções Broadcast com 51 instituições do mercado financeiro mostra que 44 delas esperam alta da Selic em 1 ponto porcentual, dos atuais 4,25% para 5,25%, enquanto as outras sete preveem elevação de 0,75 ponto, para 5,00%. O Copom se reúne na terça e na quarta-feira.

A safra de balanços corporativos prossegue, com números do segundo trimestre. O calendário prevê resultados do Itaú Unibanco, Bradesco e Banco do Brasil. Fora do setor financeiro e ainda dentro da carteira teórica, sairão Petrobras, Gerdau, Cielo e Embraer.

No exterior, o ponto alto é o relatório de emprego norte-americano relativo a julho, a ser divulgado na sexta-feira, 6. Economistas do Bradesco lembram, em nota, que o payroll e a taxa de desemprego têm sido relevantes para prever a condução da política monetária pelo Federal Reserve (Fed, o banco central americano). "Nesse sentido, depois de iniciar as discussões sobre a retirada dos estímulos nesta semana, os dados que serão divulgados na próxima sexta-feira, referentes a julho, deverão ajudar na calibragem dos próximos passos do Fed", afirmaram.

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Estadão/Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Estadão/Broadcast às sextas-feiras.

Para participar do Termômetro Broadcast Bolsa, envie um email para projecoes.ae@estadao.com a semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.