Amanda Perobelli/ Reuters
Amanda Perobelli/ Reuters

Termômetro Broadcast Bolsa: Expectativa de queda avança ao maior nível desde o início de novembro

Nos próximos dias, o destaque da agenda doméstica é o IPCA de dezembro; o período de 10 a 14 de janeiro reserva ainda a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) e a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) na quinta (13) e na sexta-feira (14)

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de janeiro de 2022 | 21h00

O ceticismo do mercado com o desempenho das ações no curtíssimo prazo avançou fortemente no Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira. Entre os participantes, a fatia dos que acreditam em queda do Ibovespa na próxima semana saltou de 6,67% na edição anterior para 28,57%, maior nível desde a primeira semana de novembro (30,00%). Os que esperam alta da Bolsa ainda são maioria, com 57,14% do total, porcentual, porém, menor do que os 66,67% do último Termômetro. Por fim, a participação dos que veem estabilidade caiu de 26,67% para 14,29%. Até as 14h30, horário de encerramento da pesquisa, o Ibovespa acumulava perda de 4,85% na semana.

Nos próximos dias, o destaque da agenda doméstica é o IPCA de dezembro, divulgado na terça-feira (11). O período de 10 a 14 de janeiro reserva ainda a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) e a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) na quinta (13) e na sexta-feira (14). Na projeção dos economistas do Bradesco, o IPCA terá alta de 0,63%, ante 0,95% em novembro, com destaque para a deflação de combustíveis. "Porém, os núcleos de inflação seguirão pressionados", ponderam.

 Nos Estados Unidos, os pontos de atenção estão na quarta-feira (12), quando saem o índice de preços ao consumidor e o Livro Bege do Federal Reserve. Ao longo da semana são esperados discursos também de vários dirigentes da instituição.

 Na B3, haverá vencimento de opções sobre Ibovespa também na quarta-feira.

 O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

 A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Broadcast às sextas-feiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.