Jonathan Ernst/ Reuters
Jonathan Ernst/ Reuters

Termômetro Broadcast Bolsa: Mercado ajusta otimismo e previsão de alta cai, mas segue majoritária

Reunião do Federal Reserve é o principal evento da agenda do período entre 13 e 17 de dezembro; mercado não espera mudanças na taxa de juros, mas aguarda sinais da intenção de acelerar o ritmo do processo de recompra de ativos em breve

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2021 | 21h00

O mercado financeiro ajustou seu otimismo sobre o desempenho das ações de curtíssimo prazo no Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira, 10, mas a expectativa de alta ainda é amplamente predominante. Entre os participantes, 50% disseram que a próxima semana deve ser de ganhos para o Ibovespa, enquanto 33,33% preveem estabilidade e os demais 16,67%, queda. A pesquisa anterior se dividia entre os que acreditavam que a presente semana seria de alta (64,29%) ou de variação neutra (35,71%), sem respostas indicando baixa. Até as 14h30, horário de encerramento do Termômetro, o principal índice de ações da B3 acumulava avanço de 2,29% esta semana.

A reunião de política monetária do Federal Reserve é o principal evento da agenda do período entre 13 e 17 de dezembro. O mercado não espera mudanças por ora na taxa de juros, atualmente na faixa entre zero e 0,25%, mas aguarda sinais da intenção de acelerar o ritmo do processo de recompra de ativos (tapering) em breve. Logo após o fim do encontro, haverá entrevista coletiva do presidente do Fed, Jerome Powell.

No Brasil, a semana que vem reserva a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) na terça-feira, que trará mais detalhes da decisão de elevar a Selic em 1,5 ponto porcentual e da indicação de alta da mesma magnitude na reunião de fevereiro. Na quinta, haverá divulgação do Relatório de Inflação (RI) do quarto trimestre, seguida de entrevista do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Entre os indicadores, serão conhecidos a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) e o Índice de Atividade Econômica do Banco (IBC-Br), fechando a safra de dados de atividade de outubro e que poderão incrementar os prognósticos sobre o desempenho do PIB no quatro trimestre.

 O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

 A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Broadcast às sextas-feiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.