Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Termômetro Broadcast Bolsa: Mercado ajusta otimismo para semana mais curta de negócios

Entre os participantes, 46,15% apostam em alta do Ibovespa para as próximas quatro sessões, com destaque para a divulgação do IPCA de junho

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de julho de 2021 | 21h00

O Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira mostra um movimento mais conservador das expectativas do mercado para o desempenho das ações no curtíssimo prazo. Entre os participantes, para 15,38%, a previsão para o Ibovespa na próxima semana é de queda; para 46,15%, de alta; e, para 38,46%, de estabilidade. No levantamento anterior, as respostas se dividiam entre alta (50%) e estabilidade (50%). O índice encerrou a semana com leve ganho de 0,29%.

A próxima semana é mais curta para os mercados. No Brasil, em função do feriado em São Paulo em homenagem à Revolução Constitucionalista de 1932, na sexta-feira, 9, não haverá negócios na Bolsa brasileira (B3). Já os Estados Unidos comemoram seu Dia de Independência em 4 de julho, segunda-feira, e todos os mercados por lá estarão fechados.

Até lá, porém, o investidor tem agenda importante para repercutir. No Brasil, saem mais indicadores de atividade, que vão ajudando a compor os prognósticos para o PIB do segundo trimestre. Na quarta-feira, 7, será divulgada a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) de maio.

Pelo lado na inflação, na quinta, 8, sai o IPCA de junho. "Esperamos taxa de 0,57%, levando o acumulado em 12 meses para 8,39% (8,06% em maio)", estimam os profissionais do departamento econômico do Itaú Unibanco, destacando pressões vindas de preços administrados, em especial gasolina e tarifa de energia, esta por sua vez, influenciada pela bandeira vermelha 2.

No exterior, o ponto alto do calendário econômico é a ata do Fomc, na quarta-feira, 7. "Diante das mudanças nas projeções feitas pelos membros do Fed [Federal Reserve, o banco central amercano] no comunicado da decisão do último dia 16, os analistas buscarão na ata da reunião pistas sobre os próximos passos da política monetária americana", disseram os economistas do Bradesco.

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Estadão/Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Estadão/Broadcast às sextas-feiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.