Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Termômetro Broadcast Bolsa: Mercado está bem mais otimista com performance do Ibovespa

Entre os pesquisados, 69,2% acreditam em alta do índice no período entre 24 a 28 de janeiro; reunião dos integrantes do Federal Reserve está entre os destaques da próxima semana

Simone Cavalcanti, O Estado de S.Paulo

21 de janeiro de 2022 | 21h00

Chegou a 69,23% a fatia dos que estão otimistas com a performance do Ibovespa no curtíssimo prazo, de acordo com o Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira. Este é o maior porcentual desde as perspectivas para entre os dias 8 e 12 de novembro do ano passado, quando bateu nos 70%. Em relação à pesquisa imediatamente anterior, os que acreditavam em ganhos somavam 57,14%. Ao mesmo tempo, houve recuo de 28,57% para 15,38% dos que responderam esperar por estabilidade. Já a parcela dos que têm expectativa de queda no período de 24 a 28 de janeiro foi levemente elevada de 14,29% para 15,38% entre uma enquete e outra. 

Na próxima semana, o evento mais aguardado é a reunião dos integrantes do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) para definir o rumo da política monetária dos Estados Unidos. As apostas são de que o primeiro aumento de juros virá apenas em março, mas há incertezas sobre se a instituição será obrigada a elevar a taxa três vezes ou mais ao longo do ano, num quadro de pressões inflacionárias e de economia se recuperando dos choques da pandemia da covid-19. Após a divulgação do decisão, o presidente do Fed, Jerome Powell, participa de coletiva.

No Brasil, a agenda de divulgações de indicadores econômicos é cheia. A começar por dois índices de inflação de janeiro: o IPCA-15, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e o IGP-M, da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Para o economista-chefe da Greenbay Investimentos, Flávio Serrano, há bastante ceticismo em relação à desinflação neste ano e se o Banco Central realmente conseguirá segurar o IPCA dentro da meta, cujo teto é de 5%.

No calendário, ainda, o BC divulgará as notas do setor externo e de operações de crédito relativas a dezembro. Já o Tesouro Nacional apresenta o resultado primário do Governo Central e o relatório mensal da dívida pública, ambos também do último mês de 2021.

A expansão da variante Ômicron tanto aqui quanto no exterior e potenciais impactos nas medidas de restrição de mobilidade seguem no radar. A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, afirmou hoje em painel no Fórum Econômico Mundial em Davos que está preocupada com a desaceleração da economia da China, causada pela disseminação da covid-19 no país e pelo desempenho do consumo interno que não apresenta expansão.

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Broadcast às sextas-feiras.

Para participar do Termômetro Broadcast Bolsa, envie um e-mail para projecoes.ae@estadao.com.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.