Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Termômetro Broadcast Bolsa: Previsão de alta avança, mas expectativa de queda também ressurge

Entre os participantes, 75% esperam que a próxima semana será de ganhos para o Ibovespa, enquanto outros 8,3% apostam em queda do índice

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de agosto de 2021 | 21h00

As expectativas de alta para as ações no curtíssimo prazo voltaram a acelerar no Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira, mas, por outro lado, as previsões de queda, que haviam sumido nas últimas três semanas, voltaram a aparecer. Entre os participantes, 75,00% esperam que a próxima semana será de ganhos para o Ibovespa, enquanto 16,67% acreditam em estabilidade e 8,33%, em perdas. No levantamento anterior, 70,00% previam alta e 30,00%, baixa. Até as 14h30, horário de encerramento da pesquisa, o índice de referência da B3 acumulava variação positiva de 1,11%.

A próxima semana será marcada pela divulgação de dados de inflação no Brasil, China e Estados Unidos. Aqui, o IBGE informa o resultado do IPCA de julho na terça-feira, mesmo dia em que sai a ata da reunião do Copom. Eventos que, combinados, poderão redimensionar o quadro das expectativas sobre o futuro da Selic. "Esperamos alta de 0,99% do IPCA de julho, refletindo pressão da energia elétrica, combustíveis e, em menor magnitude, de alimentação no domicílio. O resultado ainda apontará aceleração dos núcleos", disseram os economistas do Bradesco, em nota.

A agenda local traz ainda a última leva de indicadores de atividade de junho, que servirão para balizar as estimativas para o PIB do segundo trimestre, entre eles os da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), os da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) e o IBC-Br do Banco Central.

Lá fora, os indicadores de preços ao produtor e ao consumidor na China estão previstos para a noite de domingo, enquanto os dados de inflação no atacado e varejo americanos serão conhecidos na quarta e na quinta-feira.

Na temporada de balanços, o período entre 12 e 16 de agosto reserva a divulgação dos resultados do segundo trimestre de grandes expoentes do Ibovespa como Marfrig, JBS, BRF, Eletrobras, B3, Embraer e Suzano, entre outros.

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Estadão/Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Estadão/Broadcast às sextas-feiras.

Para participar do Termômetro Broadcast Bolsa, envie um email para projecoes.ae@estadao.com

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.