Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Termômetro Broadcast Bolsa: Previsão de alta reflui e quadro de expectativas fica equilibrado

Entre os participantes, 30% disseram esperar ganhos para o Ibovespa na próxima semana, enquanto outros 40% falam em estabilidade e 30%, em queda

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2021 | 21h00

A percepção de alta para as ações no curtíssimo prazo perdeu bastante espaço no Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira, que mostra um quadro equilibrado das expectativas. Entre os participantes, 30,00% disseram esperar ganhos para o Ibovespa na próxima semana; 40,00%, estabilidade; e 30,00%, queda. Na pesquisa anterior, a previsão de alta para o índice na presente semana tinha fatia de 53,85%, ante 30,77% dos que acreditavam em variação neutra e 15,38%, em baixa. Até as 14h30, horário limite para encaminhar as respostas, o índice apurava perda semanal de 1,14%.

A próxima semana, mais curta para o mercado local em razão do Dia de Finados na terça-feira, pode começar com a greve prometida pelos caminhoneiros. Caso não tenha suas reivindicações atendidas, a categoria prometeu uma paralisação a partir do dia 1º.

A agenda da semana tem como destaque a reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), seguida pela entrevista coletiva do presidente da instituição, Jerome Powell. A expectativa é pelo anúncio do tapering, que é o processo de redução da compra de bônus.

O encontro do Federal Reserve será na quarta-feira, 3, quando, no Brasil, o Banco Central divulga a ata do Comitê de Política Monetária (Copom), para detalhar a decisão de elevar a Selic para 7,75% e seu plano de voo para a sequência do ciclo de aperto monetário. "O documento deve focar nos aspectos que levaram o comitê a acelerar o ritmo de alta, em especial as pressões inflacionárias correntes bem como o debate sobre os riscos fiscais", afirmam os economistas do Bradesco. Ainda para quarta-feira, é esperada a votação da PEC dos Precatórios no plenário da Câmara, que estava marcada para esta semana, mas foi adiada.

A Conferência do Clima das Nações Unidas (COP 26), em Glasglow, na Escócia, começa no domingo, 31. Pelo Brasil, participarão o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e os ministros do Meio Ambiente, Joaquim Leite, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque. O presidente Jair Bolsonaro não estará presente no evento.

Entre os indicadores, o principal é o relatório de emprego norte-americano na sexta-feira, 5. Saem ainda uma série de Índices de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) de vários países, incluindo China, Estados Unidos, zona do euro e Brasil. Internamente, o calendário contempla a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) de setembro.

A temporada de balanços corporativos prossegue na semana que vem, com resultados de Itaú Unibanco, Bradesco, Embraer, Minerva, CSN e Cielo, entre outras companhias que fazem parte da carteira teórica do Ibovespa.

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Estadão/Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Estadão/Broadcast às sextas-feiras.

Para participar do Termômetro Broadcast Bolsa, envie um email para projecoes.ae@estadao.com.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.