Gustavo Scatena/B3 - 21/10/2020
Gustavo Scatena/B3 - 21/10/2020

Termômetro Broadcast Bolsa: Previsão de queda diminui e mercado reduz pessimismo com Ibovespa

Entre os participantes, a percepção de baixa para o Ibovespa na próxima semana caiu para 7,7%, de 15,4% na pesquisa anterior; expectativa de alta manteve-se em 69,2%

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2021 | 21h00

O Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira mostra um mercado menos pessimista sobre o desempenho da ações no curtíssimo prazo. Entre os participantes, a percepção de baixa para o Ibovespa na próxima semana caiu para 7,69%, de 15,38% na pesquisa anterior, enquanto a de variação neutra subiu de 15,38% para 23,08%. A expectativa de alta manteve-se em 69,23%. O principal índice de referência da B3 fechou a semana com queda de 2,49%.

As reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, em inglês) do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) e do Comitê de Política Monetária (Copom) na quarta-feira concentram as atenções do mercado na próxima semana, que terá ainda decisões de política monetária do Banco da Inglaterra e Banco do Japão. Para o encontro do banco central brasileiro, 44 entre 51 instituições do mercado financeiro ouvidas pelo Projeções Broadcast esperam alta de 1 ponto porcentual da taxa Selic, de 5,25% para 6,25%.

A agenda traz ainda o IPCA-15 de setembro, na sexta-feira, 24, dia para o qual também está prevista a divulgação, pela Aneel, de qual será a bandeira tarifária de energia válida para outubro. Com reajustes recorrentes, a tarifa extra tem sido uma das principais fontes de pressão sobre a inflação. "O IPCA-15 deve apresentar núcleos pressionados e a inflação de alimentos no domicílio seguirá elevada, refletindo pressão no atacado dos meses anteriores. Combustíveis seguem como outro foco de pressão", resumiram os economistas do Bradesco, em relatório.

Entre os eventos, o destaque é a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que terá discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura na terça-feira, com foco especial na área de meio ambiente. Em Brasília, a grande expectativa é por uma definição sobre a questão dos precatórios, necessária para abrir caminhos no Orçamento para bancar aumentos de despesas, sobretudo as do programa Auxílio Brasil em 2022. Na Câmara, a reforma administrativa tem votação esperada para terça, após ajustes do relator do texto, deputado Arthur Maia (DEM-BA).

O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Estadão/Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Estadão/Broadcast às sextas-feiras.

Para participar do Termômetro Broadcast Bolsa, envie um email para projecoes.ae@estadao.com.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.