Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Termômetro Broadcast Bolsa: Previsão de queda supera a de alta pela primeira vez desde maio de 2020

Na agenda local, o destaque será a divulgação do PIB do quarto trimestre e de 2021; no exterior, o ponto alto do calendário econômico é o relatório de emprego norte-americano, referente a fevereiro

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de fevereiro de 2022 | 21h00

Deflagrada a guerra no leste europeu, cresceu fortemente o pessimismo do mercado com relação ao desempenho das ações no curtíssimo prazo, mostra o Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira, 25. Entre os participantes, 38,46% preveem que a próxima semana será de queda para o Ibovespa e outros 38,46%, de variação neutra. Os que esperam alta representam 23,08%. É a primeira vez desde a semana de 8 de maio de 2020 que a fatia dos que acreditam em perdas é maior do que a dos que estimam ganho. No Termômetro da semana passada, para 41,67% o índice fecharia esta semana acumulando valorização e, para 25,00%, acumulando baixa. Para 33,33%, a Bolsa ficaria estável. Até as 14h30, horário de encerramento do Termômetro, o Ibovespa apurava recuo de 0,93% na semana.

A semana do carnaval será mais curta para o mercado brasileiro. Os negócios na B3 começam só na Quarta-Feira de Cinzas, ainda assim em esquema de meio-expediente, a partir das 13h. Na agenda local, o destaque será a divulgação do PIB do quarto trimestre e de 2021 na sexta-feira (4). "Analistas do mercado esperam crescimento de 4,5%, 4,6% para 2021 e vão debater o carrego estatístico para 2022", afirma o economista-chefe do Haitong Banco de Investimento, Marcos Ross.

No exterior, o ponto alto do calendário econômico é o relatório de emprego norte-americano, referente a fevereiro, também na sexta. Os números do payroll, da taxa de desemprego e o comportamento dos salários devem ajudar o mercado a calibrar as apostas para o aperto de juro pelo Federal Reserve.

 Os investidores seguirão ainda atentos aos desdobramentos da guerra entre Rússia e Ucrânia nos próximos dias, lembrando que os mercados internacionais funcionarão normalmente no período em que a B3 estará fechada. A pauta de Brasília está esvaziada na semana do carnaval, com retorno das discussões no Congresso somente na semana seguinte e foco no pacote de redução de preços de combustíveis.

 O Termômetro Broadcast Bolsa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. A ideia é mostrar para o leitor a percepção dos profissionais - e não das instituições financeiras - a partir da resposta para pergunta: Qual o sentimento para o Ibovespa na próxima semana? As alternativas apresentadas são de variação positiva, negativa ou neutra.

 A pergunta é enviada às quintas-feiras e as respostas devem ser encaminhadas até as 14h30 da sexta-feira. Após o encerramento do período, o departamento de Dados do Broadcast calcula o porcentual obtido a partir de cada uma das opções apresentadas pelo Termômetro. As respostas individuais dos participantes ficam em sigilo e os jornalistas não têm acesso a elas. A publicação dos resultados é feita nos serviços em tempo real do Broadcast às sextas-feiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.