Tesouro identifica forte demanda de novos investidores por Global 2021

Segundo apurou Agência Estado, este foi diferencial da operação

Adriana Fernandes, da Agência Estado,

27 de julho de 2010 | 18h51

Na operação de captação do Global 2021, realizada hoje pelo governo brasileiro no mercado internacional, o Tesouro Nacional identificou uma forte demanda de novos investidores, que tradicionalmente não faziam aplicação nesse tipo de papel. Esse foi um dos diferenciais identificados hoje na operação, segundo apurou a Agência Estado.

 

No mercado financeiro, isso é chamado de investidores "cross over", que são investidores que não são "dedicados" a aplicar em títulos brasileiros mas, em função do atrativo do papel, resolveram comprar o título. A Agência Estado apurou que a demanda pelo Global 2021 chegou perto de US$ 6 bilhões, doze vezes maior que a oferta inicial de US$ 500 milhões. Isso permitiu um aumento da base de investidores e também obrigou os coordenadores da operação a fazer uma forte alocação das ofertas. Isso ocorre quando os investidores pedem para comprar um volume maior mas, em função da demanda, só são atendidos com um volume menor.

Tudo o que sabemos sobre:
Global 2021Tesourobônus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.