TIM cancela oferta e ações reagem em alta na Bovespa

A TIM Participações informa que seu acionista controlador, TIM Brasil Serviços e Participações, decidiu requerer à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o cancelamento do pedido de registro da oferta pública secundária e parcial de ações de emissão da TIM Part, que foi protocolado em 15 de maio de 2006. De acordo com o comunicado, a oferta brasileira era parte de uma oferta internacional, também cancelada. A suspensão da operação se deve "à performance negativa e a crescente volatilidade no mercado de capitais". As ações da TIM reagem em alta no pregão da Bolsa de Valores de São Paulo. Às 10h30, TIM PN subia 2,67%, cotada a R$ 6,15, com 59 negócios fechados. TIM ON avança 2,22%, para R$ 8,28, após apenas uma transação. O cancelamento da operação não é recebido com surpresa pelo mercado, uma vez que as proporções da oferta, que poderia superar os R$ 3 bilhões, a tornavam de difícil conclusão diante do quadro atual do mercado, com menor liquidez e avidez para as ofertas.

Agencia Estado,

03 de julho de 2006 | 10h54

Mais conteúdo sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.