Títulos americanos batem mínimas após Fed de Filadélfia

Treasury de 30 anos teve o melhor desempenho, com seu yield caindo a 3,626%

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

19 de agosto de 2010 | 11h54

Os preços dos Treasuries tiveram um rali, levando o juro projetado (yield) dos títulos com vencimento em dois anos a uma mínima recorde de 0,471%, com os últimos dados econômicos dos Estados Unidos aumentando os temores de uma desaceleração.

 

Os Treasuries começaram a se recuperar com um aumento inesperado dos pedidos de auxílio-desemprego na semana encerrada em 14 de agosto, para o nível mais alto desde novembro, e realizaram outro rali depois que o índice de atividade industrial do Fed da Filadélfia despencou para -7,7 em agosto, de 5,1 em julho. Economistas ouvidos pela Dow Jones previam que o índice subisse para 7.

 

Os investidores concentraram-se na dívida do governo dos EUA de baixo risco e evitaram ativos de risco, incluindo ações norte-americanas. O Treasury de 30 anos teve o melhor desempenho, com seu yield caindo a 3,626%.

 

No início do mês, o Fed reconheceu os riscos para o crescimento econômico e manteve a taxa de juros próxima de zero. O banco central também começou a comprar Treasuries esta semana, em uma tentativa de baixar taxas de juros de longo prazo e impulsionar a expansão da economia. "A economia parece estar em risco de voltar a cair em recessão", afirma o estrategista de mercado Lou Brien, do DRW Trading Group.

 

Às 11h57 (de Brasília), o yield do Treasury de 10 anos estava em 2,574% e o Treasury de 30 anos com yield de 3,639%. O título de dois anos tinha yield de 0,479%. Os preços dos bônus se movimentam inversamente aos yields.

 

Os yields dos títulos do Tesouro caíram nos últimos meses com o aumento das preocupações de que a recuperação econômica perderá força no segundo semestre, quando a maioria dos estímulos acabam. O yield de nota de 10 anos, referência para o consumo e empréstimos corporativos, desabou quase 140 pontos-base depois de ter subido brevemente acima de 4% no início de abril. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
treasuriestítulosFed

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.