Títulos da dívida brasileira seguem em queda forte

Os títulos da dívida brasileira seguem fortemente pressionados esta tarde, acompanhando o mau humor generalizado nas principais praças em todo o mundo. "O mercado rompeu vários níveis e muitos 'stop loss' (operações para interromper perdas) foram acionados", disse um operador. Por volta das 16h, o Global 40, principal título da dívida externa brasileira, era negociado a 125,85 cents na corretora Icap Garban, em queda de 0,98%, depois de ter atingido a mínima de 125,70 cents. Na López León, o último negócio foi fechado a 125,90 cents (-0,94%) e o papel era cotado a 125,70 cents para compra e 125,95 cents para venda. O risco País estava em 235 pontos base, em alta de 13 pontos base em relação ao fechamento de ontem, depois de oscilar entre a mínima de 221 pontos base e a máxima de 236 pontos base.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.