Títulos dívida reagem pouco à ata do Fed

O mercado de títulos da dívida externa apenas aumentou um pouco a volatilidade após a divulgação das minutas da reunião de 10 de maio do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA). Mas a alteração nos preços foi muito pequena, ante a falta de qualquer sinal mais claro sobre a direção do juro nos EUA, disse um operador. Por um lado, a ata foi positiva ao afirmar que a equipe do Fed prevê menos inflação no segundo semestre. Mas a minuta não removeu a incerteza sobre a continuidade ou não do ciclo de aperto monetário nos EUA, acrescentou. O Global40 (principal título brasileiro), que estava em 122,00 centavos de dólar antes da divulgação da ata, caía para 121,90 centavos de dólar, no último negócio realizado na corretora López Léon até as 15h50 (de Brasília). No mesmo momento, o risco Brasil estava em queda de 10 pontos, ou 3,88%, em 268 pontos-base. O risco geral dos emergentes recuava 4 pontos, ou 1,92%, para 212 pontos base.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.