Títulos dos EUA sobem com sinal de desaceleração

Os preços dos títulos do Tesouro americano (Treasuries) operam em alta, com os investidores encontrando incentivos para compras após o juro projetado pela T-Note de 10 anos ter projetado um rendimento de 5,15% mais cedo. Os investidores trabalham também com evidências de que a economia dos EUA está se desacelerando, enquanto os papéis do Tesouro dos EUA também se beneficiavam da fuga pela qualidade, na medida em que há uma troca de ativos de mercados emergentes por papéis mais seguros. O índice de indicadores antecedentes da Conference Board cedeu 0,1%, em abril, após um aumento revisado para 0,4% em março. O dado de abril ficou abaixo da previsão de expansão de 0,1% traçada por economistas, e sugere que a economia norte-americana estaria entrando em um ciclo de desaceleração. Outro dado divulgado hoje mostrou aumento de 46 mil pedidos de auxílio-desemprego na semana passada nos EUA, contrariando a previsão de queda de 5 mil. Mas a alta foi atribuída a um fator extraordinário, já que refletiu o impacto da paralisação das atividades governamentais em Porto Rico, território controlado pelos EUA. No geral, a tendência para o mercado de trabalho é favorável. Pouco ante do meio-dia, o juro projetado pela T-note de 10 anos cedia 0,94%, para 5,0977%, após ter tocado a máxima de 5,1620% mais cedo, segundo a Comstock. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

18 de maio de 2006 | 12h05

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.