Tóquio cai 0,5% com realização de lucros

Após duas sessões de fortes ganhos, o mercado realizou lucros.  A Standard & Poor's O rebaixou vários bancos globais  e o fato motivou a venda de ações no setor financeiro.

Antonio Rogério Cazzali, da Agência Estado,

30 de novembro de 2011 | 05h41

A Bolsa de Tóquio fechou em baixa nesta quarta-feira, em grande parte pela realização de lucros, após duas sessões de fortes ganhos. O rebaixamento da nota de vários bancos globais pela agência de classificação de risco Standard & Poor''s gerou um atrativo adicional para a venda de ações no setor financeiro.

O índice Nikkei caiu 0,5%, em 8.434,61 pontos, após os ganhos de 2,3% obtidos na terça-feira, e de 1,6%, na segunda-feira.

O volume foi um pouco mais forte do que em sessões recentes, totalizando 1,76 bilhão de ações negociadas, o maior volume desde 10 de novembro.

"As instituições financeiras japonesas dizem que sua exposição à Europa é relativamente limitada, mas as preocupações permanecem", comentou um especialista de mercado. "As ações dos bancos estão próximas de patamares baixos para perspectivas de médio e longo prazo, mas não está claro quando isso repercutirá", disse o especialista.

Os exportadores fizeram realização de lucros, bem como as peso-pesadas Fanuc, cujos papéis caíram 2,5%, e a Kyocera, que recuou 1,6%. Por outro lado, as ações da gigante de tecnologia Pioneer subiram 6,7%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BolsaTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.