Tóquio fecha com queda de 0,1%

Perdas com ações de siderúrgicas acabaram anulando o efeito da alta nos papéis dos bancos

Hélio Barboza, da Agência Estado,

27 de julho de 2010 | 07h25

A Bolsa de Tóquio fechou com ligeira baixa, já que as perdas com ações de siderúrgicas como a JFE Holdings acabaram anulando o efeito da alta nos papéis dos bancos, provocada pela expectativa de uma suavização nas regras do sistema financeiro global. O índice Nikkei 225 oscilou para cima e para baixo do nível de equilíbrio, sem definir uma direção, até fechar em queda de 6,81 pontos, ou 0,1%, terminando aos 9.496,85 pontos.

Segundo os analistas, os investidores permanecem cautelosos diante da série de resultados corporativos ansiosamente aguardados para esta semana. "As empresas podem manter suas previsões para o ano fiscal cheio, em vez de aumentá-las, devido às persistentes preocupações com o iene forte", disse Yutaka Miura, analista da Mizuho Securities. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.