Tóquio fecha em alta com balanços e dólar fortes

A Bolsa de Tóquio fechou com o índice Nikkei em alta de 98,59 pontos, ou 0,6%, aos 16.649,82 pontos, sustentada por balanços corporativos favoráveis e pela continuação de alta do dólar frente ao iene. "Muitos players estão observando atentamente os resultados antes de ir às compras; e há também o dólar (valorizado), que significa que é bom comprar ações de tecnologia e de automobilística", disse o diretor de vendas de ações do Bear Stearns, Hiroaki Kuramochi. Kyocera, que divulgou lucros elevados referentes ao quarto trimestre do ano passado, fechou em alta de 9,5%, a 10.450 ienes. Pela primeira vez desde maio de 2002, o papel fechou acima da marca de 10 mil ienes. Toshiba ganhou 1,9%, depois de ter elevado sua previsão de lucro para o atual ano fiscal perto do fechamento do mercado. As automobilísticas estenderam os ganhos ajudadas pela valorização do dólar. Foi o caso de Honda, que subiu 1,4%. A fabricante de veículos anunciou, após o fechamento do mercado, aumento do lucro operacional. A corretora Nomura Holdings, a maior do país, subiu 0,9%. O grupo disse que o lucro líquido nos três primeiros trimestres do ano fiscal mais do que dobrou em relação ao registrado em igual período do ano passado. Também tiveram bom desempenho as ações de siderúrgicas (Nippon Steel +0,7%, Kobe Steel +3,6%) e de petrolíferas (Nippon Oil +2,0%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.