Tóquio fecha em alta com busca por pechinchas

Índice Nikkei subiu 2,7%, para 13.033,12 pontos, após ganhar1,9% na sexta-feira, 14

17 de junho de 2013 | 04h56

As ações na Bolsa de Tóquio fecharam em alta nesta segunda-feira em meio a um baixo volume de operações, uma vez que os investidores de varejo buscaram pechinchas. Por outro lado, grandes agentes do mercado permaneceram cautelosos antes da reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto dos EUA (FOMC, na sigla em inglês) ainda esta semana.

O índice Nikkei subiu 346,60 pontos, ou 2,7%, para 13.033,12 pontos, após um ganho de 1,9% na sexta-feira. O índice fechou em sua alta intradia.

Os níveis de participação foram relativamente baixos, no entanto, caindo para 2,5 bilhões de ações - o valor mais baixo desde 27 de março. O valor total dos negócios ficou logo abaixo de 2,0 trilhões de ienes, um número relativamente modesto, ilustrando a falta de capital estrangeiro no mercado.

O índice Nikkei abriu em forte baixa depois da queda de Wall Street na sexta-feira, quando foram divulgados indicadores que sinalizaram uma fraca recuperação econômica dos EUA. Mas o Nikkei se recuperou ainda na sessão da manhã e permaneceu acima do ponto de equilíbrio durante o resto da sessão.

Os dados dos EUA têm mostrados resultados divergentes sobre a recuperação dos EUA, causando ainda mais incerteza sobre a política do banco central norte-americano, disse o gestor geral de ações Hiroichi Nishi, da SMBC Nikko Securities. O Federal Reserve Bank deve anunciar a decisão de política monetária nesta semana. Fonte: Dow Jones Newswires. (Lucas Hirata - lucas.hirata@estadao.com)

Tudo o que sabemos sobre:
japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.