Tóquio fecha em alta com divulgação de indicadores

Após queda de 5,2% no dia anterior,  o índice Nikkei fechou em alta de 1,4% nesta sexta-feira, 31. 

AE, Agencia Estado

31 de maio de 2013 | 04h49

As ações na Bolsa de Tóquio fecharam em alta nesta sexta-feira, 31, reduzindo uma parte das perdas sofridas na sessão anterior. Os exportadores avançaram uma vez que o dólar subiu acima de 101 ienes depois da divulgação de uma série de dados econômicos.

O índice Nikkei fechou em alta de 1,4%, aos 13.774,54 pontos, um dia depois de despencar 5,2%. Mas o índice somou uma perda de 0,6% em maio, após subir em cada um dos últimos nove meses.

Com o fechamento desta sexta-feira, o índice Nikkei totaliza uma alta de 32,1% em 2013. Mas permaneceu no que muitos chamam de território de correção, tendo perdido mais de 2.168 pontos, ou 13,6%, em relação a sua máxima de 15.942,60 pontos em 23 de maio.

A acentuada e rápida correção no Nikkei também ocorreu em meio a preocupações de que o Federal Reserve dos EUA pode reduzir suas compras de ativos. Além disso, há um nervosismo em relação a recentemente volatilidade no mercado de bônus do governo japonês, que se espalhou para o mercado de ações.

"A maciça volatilidade nos mercados japoneses tem ficado no centro de uma sensação geral de mal-estar em torno dos mercados asiáticos nos últimos dias", disse Niall King, analista da CMC Markets.

A recuperação desta sexta-feira ocorreu depois da divulgação de uma série de dados econômicos do Japão. O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Japão subiu 0,3% em abril ante março, apesar de ter recuado 0,7% em relação ao mesmo mês do ano passado.

A produção industrial do Japão cresceu 1,7% em abril, na comparação com março, segundo dados preliminares do Ministério da Economia, Comércio e Indústria. O resultado ficou bem acima da previsão dos analistas ouvidos pela Dow Jones, que esperavam alta de 0,5%. Trata-se do quinto mês consecutivo de alta.

Vários exportadores avançaram, mesmo quando o dólar se acomodou em torno de 101 ienes durante a sessão. As ações da Fanuc subiram 4,3% e a Kyocera ganhou 2,6%.

A Fast Retailing fechou em alta de 5,1%, no entanto não reduziu totalmente as perdas do dia anterior. Na sessão de quinta-feira, a empresa caiu 11%.

Algumas ações do setor financeiro também se recuperaram modestamente na sexta-feira. O Sumitomo Mitsui Financial Group subiu 0,4% e o Resona Holdings avançou 0,4%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.