Tóquio fecha em alta com exportadores

Onda de compras compensou quedas com decepções por Nintendo, Canon e Shiseido

25 de abril de 2013 | 06h41

As ações na Bolsa de Tóquio terminaram o pregão com um ganho modesto nesta quinta-feira, uma vez que a onda de compras em exportadores como a Toyota Motor e a TDK compensaram as quedas relacionadas às decepções com os resultados da Canon, Nintendo e Shiseido.

O índice Nikkei avançou 0,6%, para 13.926,08 pontos, após uma alta de 2,3% na sessão anterior.

Os níveis de participação continuaram robustos com 4,36 bilhões de ações negociadas no valor de pouco mais de 3,05 trilhões de ienes. Esta foi a quarta sessão consecutiva de 4,3 bilhões de ações ou mais negociadas.

Os fracos resultados de encomendas de bens duráveis dos Estados Unidos em março levaram a uma onda de vendas do dólar, o que, inicialmente, pesou sobre o mercado, mas as compras se recuperaram na segunda parte do pregão.

"Os dados de crescimento econômico dos EUA estão começando a espalhar preocupações de que a recuperação econômica pode não ser tão forte como esperada", disse Kenichi Hirano, analista de mercado da Tachibana Securities. "O contínuo enfraquecimento do iene não é absolutamente necessário para que as ações continuem em alta, mas os fundos de investidores estrangeiros são importantes, especialmente em face da firme venda institucional doméstica."

"O mercado está mostrando sinais de que está sendo superaquecido, mas o outro lado da moeda é que as expectativas para o crescimento e o sucesso da ''Abenomics'' permanecem fortes", disse gerente geral de ações Hiroichi Nishi, da SMBC Nikko Securities, referindo-se à política econômica do primeiro-ministro Shinzo Abe.

No final da tarde em Tóquio, o dólar mudava de mãos por volta de 99,10 ienes.

Entre os pesos pesados, o SoftBank ganhou 3,5% e a KDDI adicionou 1,9%. A Toyota também ganhou 2,0%.

O exportador de tecnologia TDK também fechou em alta ao avançar 3,6% depois Western Digital, dos EUA, registrou resultados corporativos melhores do que o esperado.

O cenário positivo em geral foi prejudicado por resultados decepcionantes de três empresas. A Canon caiu 6,4% na Bolsa de Tóquio depois de anunciar um lucro líquido de 40,91 bilhões de ienes no trimestre encerrado em 31 de março, uma queda de 33,5% no ano.

A Nintendo perdeu 5,9%. A empresa registrou um prejuízo operacional de 36,41 bilhões de ienes para o ano fiscal recém-encerrado. A Shiseido, por sua vez, caiu 4,1% depois de anunciar um prejuízo líquida do grupo de 14,7 bilhões de ienes no último ano fiscal.

"O impacto dos fracos resultados de lucros da Canon não podem ser exagerados", disse Norihiro Fujito, estrategista sênior de investimento da Mitsubishi UFJ Morgan Stanley Securities. "Até este ponto, o dinheiro dos investidores estava fluindo para ações um de maneira um tanto indiscriminada por causa de esperanças" sobre a política econômica do governo e uma vantagem para os exportadores do iene mais fraco. "Mas os números da Canon mostraram que os fundamentos de negócios podem ter sido esquecidos na onda de compras. Os investidores terão de retornar ao uso do bom do due diligence, a fim de selecionar as boas empresas para se investir". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsajapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.