Tóquio fecha em alta de 0,9% no 1º pregão da semana

O principal índice da Bolsa de Tóquio registrou alta, com a decisão dos investidores de ir às compras, depois da queda de 262 pontos registrada na sexta-feira. O Nikkei 225 subiu 146,18 pontos, ou 0,9%, encerrando o dia aos 17.237,77 pontos com a procura por ações sensíveis à demanda doméstica, como seguradoras e bancos. Em apenas um pregão, o índice recuperou mais da metade da baixa da última sessão. Traders dizem, porém, que o índice pode tornar-se excessivamente alto de agora em diante, já que os papéis de blue chips exportadoras - que lideraram a recente alta do mercado - continuam altos em razão da demanda dos especuladores. Portanto, ainda é cedo para saber se o aumento dos papéis domésticos é sustentável. De acordo com um corretor, será difícil o Nikkei 225 atingir o nível de 17.563 pontos antes da reunião de política monetária do Banco do Japão, marcada para a próxima semana. Dentre as ações de seguradoras, Mitsui Sumitomo Insurance avançou 5,4%; Millea Holdings subiu 3,4% e Sompo Japan Insurance teve alta de 3,1%. Shinsei Bank registrou aumento de 3,6% e Mizuho Financial Group fechou 2,3% acima do preço do último pregão. Resona Holdings subiu 2,8%. Depois das fortes quedas de sexta-feira, as siderúrgicas recuperam-se hoje. JFE Holdings teve ganhos de 4,9% e Nippon Steel subiu 3,3%. Os papéis da Sony registraram alta de 6,5%, depois que a Goldman Sacks aumentou a classificação da empresa para ?compra?. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.