Tóquio fecha em alta no aguardo dos EUA

 O Nikkei subiu 291,04 pontos, ou 2,1%, para 14.309,97 pontos, após queda de 0,3% da sessão anterior

AE, Agencia Estado

05 de julho de 2013 | 04h53

As ações na Bolsa de Tóquio fecharam em alta nesta sexta-feira, uma vez que o dólar mais forte e o otimismo entre os agentes do mercado em relação ao relatório de emprego dos EUA ajudaram a impulsionar um amplo rali, que levou o mercado ao nível mais alto em cinco semanas.

O índice Nikkei subiu 291,04 pontos, ou 2,1%, para 14.309,97 pontos, após queda de 0,3% da sessão anterior. O índice avançou 4,6% na semana - a melhor performance semanal desde a semana que terminou em 10 de maio.

O índice Nikkei está em baixa de apenas 8,4% em relação ao fechamento de 22 de maio, depois de cair até 20% nesse meio tempo. Em 2013, o Nikkei está em alta agora de 38%.

Os níveis de participação permaneceram um pouco baixos devido, em grande parte, ao feriado do Dia da Independência nos EUA. O volume de negócios totalizou 2,8 bilhões de ações sob um valor pouco superior a 2,0 trilhões de ienes.

Os números foram consistentes com sessões recentes, em que a força dominante de traders estrangeiros foi parcialmente substituída por investidores individuais domésticos.

"Todos os olhos estão agora sobre os números do relatório de emprego do governo (payroll) dos Estados Unidos referente a junho, que deve ser publicado nesta sexta-feira", disse o diretor de negociação de ações de uma corretora estrangeira. "Há otimismo de que o resultado pode vir bem acima da expectativa de 165 mil."

Os exportadores se beneficiaram da alta do dólar. A Toyota Motor subiu 2,1%, a TDK avançou 3,6% e a Fanuc fechou em alta de 1,7%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.