Tóquio fecha em baixa depois de duas altas consecutivas

O índice Nikkei 225 da Bolsa de Tóquio fechou em baixa de 0,04%, aos 17.202,46 pontos, depois de altas consecutivas na última sexta-feira e ontem. A queda refletiu a prudência dos investidores antes das reuniões do comitê de política monetária do Banco do Japão, previstas para os próximos dias. Os papéis das montadoras Toyota e Nissan caíram, respectivamente, 0,3% e 1,4%. O grupo financeiro Mizuho declinou 0,4% e o Sumitomo Mitsui, 0,8%. As ações das principais siderúrgicas se valorizaram com a expectativa de possíveis fusões e aquisições no setor, o que fez os papéis recuperarem a tendência de alta após a realização de lucros da semana passada. Nippon Steel avançou 1,2% e JFE Holdings, 1%. As ações da Sanyo Electric saltaram 8% depois da notícia recente do início de seu processo de reestruturação. Já a Daikyo, do setor imobiliário, teve alta de 8,9%, após anunciar que subscreverá ações preferenciais, afastando o receio dos investidores quanto à diluição do valor dos papéis e refletindo a melhora da saúde financeira da empresa. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.