Tóquio perde 0,8% com vendas em tecnologia

Enfraquecimento do iene chegou a ajudar blue chips, mas ganho foi limitado por influência dos EUA

Agencia Estado

19 de abril de 2012 | 05h59

A Bolsa de Tóquio, no Japão, apresentou queda nesta quinta-feira. As vendas em ações tecnológicas em Wall Street tiveram influência nas congêneres locais, como Canon, e limitaram os ganhos em blue chips como Toyota Motor, que foi ajudada pelo enfraquecimento do iene.

O Nikkei caiu 78,88 pontos, ou 0,8%, e terminou aos 9.588,38 pontos, após avançar 2,1% na sessão de quarta-feira. O volume de negociações seguiu fraco, com 1,6 bilhão de ações.

O índice abriu em baixa, com os participantes do mercado andando de lado antes do leilão de títulos de 10 anos da Espanha e da divulgação de vários dados econômicos dos Estados Unidos, que ocorrerá mais tarde.

Takashi Hiroki, estrategista-chefe da Monex, disse que "o sentimento do mercado não é tão ruim", acrescentando que "os investidores não estão muito preocupados com os leilões de títulos da Espanha". "Mesmo que o leilão espanhol fracasse em ter uma alta demanda, há ainda várias mãos que podem ajudar, incluindo o FMI", completou o analista.

A venda de ienes também alavancou a confiança dos investidores, na sequência de um comentário feito pelo presidente do Banco do Japão (BOJ), Masaaki Shirakawa, de que o banco central está totalmente empenhado na compra de ativos para satisfazer a meta de inflação de 1%, em discurso para a Associação de Política Externa nos EUA. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.