Tóquio recua 1%; setor de tecnologia lidera perdas

A Bolsa de Tóquio teve mais um dia de baixa nesta quinta-feira, influenciada pelas preocupações quanto aos lucros das empresas de tecnologia, como a Tokyio Electron e a Advantest. O Nikkei 225 recuou pelo terceiro pregão consecutivo, fechando em queda de 1%, aos 15.097,95 pontos. A fraqueza das cotações também foi atribuída à expectativa quanto à nova política monetária que será anunciada amanhã pelo Banco do Japão. A maioria dos investidores acredita que a instituição decidirá pelo fim da política de juro zero. De acordo com os operadores, grande parte do mercado especula que o Nikkei 225 ultrapassará a barreira psicológica dos 16.000 pontos logo que se dissipem as incertezas em relação à nova política monetária. As ações das empresas de tecnologia tornaram-se o destaque negativo do pregão depois que analistas norte-americanos divulgaram previsões pessimistas sobre os ganhos de algumas das maiores empresas do setor nos Estados Unidos, como a IBM. Os papéis da Tokyo Electron perderam 4,5% e os da Advantest caíram 2,9%. (As informações são da Dow Jones)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.