Tóquio sobe 0,1% apoiada em compras de estrangeiros

Realizações de lucros afetaram os papéis de algumas empresas exportadoras e do setor imobiliário

Hélio Barboza, da Agência Estado,

18 de fevereiro de 2011 | 06h55

O índice Nikkei 225 da Bolsa de Tóquio fechou com leve alta, estendendo sua sequência positiva para cinco dias. Realizações de lucros afetaram os papéis de algumas empresas exportadoras e do setor imobiliário, como Nikon e Mitsubishi Estate, mas o sentimento geral continuou forte, na esteira do seguido movimento de compras por parte dos investidores estrangeiros. O índice Nikkei 225 avançou 6,16 pontos, ou 0,1%, e fechou aos 10.842,80 pontos.

A Bolsa oscilou para cima e para baixo da linha de equilíbrio, uma vez que a recente tendência de alta refluiu diante de uma valorização moderada do iene contra o dólar.

As opiniões do mercado se mostraram divididas, com os otimistas apostando que os investidores estrangeiros continuarão comprando, enquanto alguns analistas advertiram que as ações japonesas estão sobrevalorizadas e podem passar por uma correção de curto prazo na próxima semana.

"Com as bolsas dos países emergentes (como China, Brasil e Índia) exibindo sinais de recuperação, pode não haver mais necessidade de concentrar os investimentos nas economias desenvolvidas", disse Yutaka Yoshii, gerente geral da corretora Mito Securities. Ele previu que o Nikkei voltará para os 10.500 pontos até o fim da semana que vem. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.