Tóquio sobe 1,5% com expectativa sobre a Grécia

A Bolsa de Tóquio estendeu seus ganhos para fechar com o índice Nikkei 225 no nível mais alto desde 11 de maio. O crescente otimismo quanto à possibilidade de a Grécia sobreviver à crise de endividamento sustentou as ações das exportadoras líderes, como Canon e Honda. O índice subiu 148,28 pontos, ou 1,5%, e fechou aos 9.797,26 pontos.

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

29 de junho de 2011 | 07h59

O sentimento do mercado em Tóquio foi positivo desde a abertura, apoiado pelo enfraquecimento do iene diante do euro e do dólar enquanto os investidores aguardavam a votação do Parlamento grego sobre as medidas de austeridade cruciais para o país evitar um default.

Dados domésticos divulgados antes da abertura mostraram que a produção industrial do Japão em maio apresentou o segundo maior crescimento da história, continuando o processo de recuperação que se seguiu ao terremoto de 11 de março. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.