Total de imóveis alugados cai 1,5% em maio em SP

O número de propriedades alugadas no Estado de São Paulo caiu 1,5% no mês de maio em relação a abril, segundo levantamento realizado pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI-SP) com 1.534 imobiliárias de 37 cidades, incluindo a Capital. Ao todo, foram alugados 3.390 imóveis. Na capital, houve uma alta de 11,81% e na região de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Guarulhos e Osasco, alta de 1,91%. No interior, a pesquisa identificou redução de 8,56% no número de propriedades alugadas; e no litoral, queda de 4,89%. Os imóveis mais procurados foram os de valor até R$ 600,00 - o equivalente a 68,42% do total de novos contratos assinados na capital; 82,90% no interior; 69,88% no litoral; e 90,86% no ABCD, Guarulhos e Osasco. Os índices de inadimplência apurados em maio pelo CRECI-SP caíram em relação a abril, tanto no litoral (-9,57%) como no ABCD, Guarulhos e Osasco (-10,63%). Já na capital, houve aumento de 5,27% e, no interior, de 1,66%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.