UBS eleva recomendação de Itaú, Unibanco e Nossa Caixa

O banco de investimentos UBS elevou sua recomendação para as ações dos bancos Itaú, Unibanco e Nossa Caixa de "neutra 2" para "compra 2". Em relatório, o analista Bruno Pereira afirma que a recente correção do mercado colocou os preços desses papéis em "território muito mais atraente e consideramos que esta seja uma boa oportunidade para aumentar a exposição ao setor".De acordo com o analista, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro do primeiro trimestre melhor que o esperado e o ritmo do corte da taxa de juros dão suporte a uma visão mais favorável sobre os fundamentos e a trajetória de lucro dessas instituições."Os fundamentos seguem fortes; a perspectiva para o médio e longo prazos é encorajadora e, mais importante, as expectativas de mercado refletem, em nossa visão, um cenário mais realista para o crescimento dos lucros", diz o relatório.O UBS também revisou sua estimativa de lucro líquido para o Bradesco este ano de R$ 6,396 bilhões para R$ 6,371 bilhões. A previsão de lucro por ação caiu de R$ 6,53 para R$ 6,50. Para 2007, a previsão de lucro líquido foi reduzida de R$ 7,420 bilhões para R$ 7,330 bilhões e a de lucro por ação passou de R$ 7,57 para R$ 7,48.O UBS também fez revisões em suas estimativas para o Banco do Brasil. A previsão de lucro líquido para este ano passou de R$ 5,599 bilhões para R$ 5,702 bilhões e, para 2007, de R$ 4,969 bilhões para R$ 5,049 bilhões. As estimativas de lucro por ação foram alteradas marginalmente, de R$ 7,00 para R$ 6,99 este ano e de R$ 6,22 para R$ 6,20 para 2007.

Agencia Estado,

05 de junho de 2006 | 14h48

Tudo o que sabemos sobre:
ações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.