UBS rebaixa recomendação da TIM para "neutral 2"

O banco UBS rebaixou a recomendação de Tim Participações para "neutral 2", após um recente rally das ações. O banco reduziu a recomendação para os ADRs (recibos de ações negociados nos EUA)) e para as ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN). O preço-alvo para 12 meses das ações ordinárias foi cortado em 8%, para R$ 10,63. Por volta das 13h40, o papel ON caía 0,68%, para R$ 8,73 na Bolsa de Valores de São Paulo, enquanto o PN perdia 2,23%, para R$ 6,13. Especulações de mercado de que a planejada cisão dos negócios móveis e fixos da Telecom Italia SpA (TI) levaria à venda dos ativos da companhia no Brasil fizeram as ações preferenciais da Tim Participações subir 16% nas últimas quatro semanas, diz o UBS em relatório. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

20 de setembro de 2006 | 13h56

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.