UOL deve atingir posição financeira de seus pares ainda neste ano

O diretor de relações com investidores do UOL, Paulo Narcélio, afirmou hoje durante teleconferência com analistas que a empresa deve atingir até o final do ano uma posição financeira semelhante a do Google e do Yahoo, com caixa aplicado equivalente a cerca de um ano de faturamento. No encerramento de junho, a companhia tinha uma posição líquida de R$ 377,6 milhões, após um aumento de 6,8% ante março. O executivo contou que o UOL mantém a procura por oportunidades interessantes para aquisições. No entanto, disse ele, não foi encontrado até o momento algo interessante em termos de preços, dentro do foco de interesse do portal. Ainda assim, a empresa segue em busca de potenciais alvos de compra. No segundo semestre, o portal deve lançar novos produtos, incluindo iniciativas para sofisticar ferramentas de busca, e também promover uma campanha de divulgação de massa para a Mega Store de música, lançada em maio. O desenvolvimento destes novos produtos foi a principal razão que elevou os investimentos da empresa no segundo trimestre, ante o mesmo intervalo de 2005, de R$ 2,8 milhões para R$ 25,4 milhões. O diretor geral de operações do UOL, Marcelo Epperlein, explicou que um dos produtos programados para a segunda metade deste ano envolve tecnologia e, por isso, demandou mais recursos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.