Vale deverá ter participação de 10% em usina da CSA

A Companhia Vale do Rio Doce deverá ter participação minoritária de 10% na usina da Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), cuja pedra fundamental será inaugurada na próxima sexta-feira no município de Itaguaí, no Rio. James Pessoa, responsável pelos projetos de siderurgia da empresa, disse hoje que ainda está em estudos se a empresa participará de outros investimentos dentro do complexo que inclui a CSA e que tem como principal investidor a empresa alemã Thyssen-Krupp Stahl.Além da CSA, o complexo incluirá também uma usina termelétrica e um terminal marítimo. A primeira etapa das obras deve ser inaugurada em 2008 e a segunda, em 2010. Os investimentos totais no complexo deverão atingir US$ 4,5 bilhões. Pessoa concedeu entrevista após participar de reunião de representantes de empresas do setor siderúrgico com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Demian Fiocca.

Agencia Estado,

25 de setembro de 2006 | 16h50

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.