Vale diz que não comentará análise de que pode comprar Inco

A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) não vai se pronunciar à respeito da análise do banco de investimentos Bears Stearns de que é uma das potenciais compradoras da Inco, companhia canadense de níquel, ao lado das mineradoras Phelps Dodge e Teck Cominco. A mineradora brasileira informou, por meio da sua assessoria de imprensa, que "não comenta esse tipo de relatório". Em relatório divulgado hoje, o banco destaca que a Vale pode obter muitos benefícios estratégicos caso compre a Inco."Um movimento da Vale neste sentido alcançaria várias metas, incluindo diversificação de portfólio, mais alavancagem para a estrutura de capital e aquisição de expertise/tecnologia para projetos próprios de níquel", avalia o banco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.