Vale pagou hoje US$ 13,3 bi por 75,6% da Inco

A Companhia Vale do Rio Doce comunica que efetuou hoje o pagamento no valor de US$ 13,3 bilhões por 75,6% da Inco. Como a empresa tem a intenção de comprar a participação restante, o desembolso na operação chegará a US$ 17,6 bilhões.A Vale informou que usará US$ 2 bilhões do seu caixa para pagar a aquisição - até então a companhia afirmava que todo o montante viria de empréstimo-ponte com instituições financeiras. Um sindicato composto por 37 bancos da América do Norte, Brasil, Europa, Ásia e Austrália colocaram à disposição da Vale uma linha de crédito de US$ 34 bilhões, com prazo de dois anos e custo de Libor mais 40 pontos base durante o primeiro ano e Libor mais 60 pontos base no segundo. No entanto, a companhia usará menos da metade desse valor para o financiamento da compra da Inco. "De acordo com seu objetivo de adquirir 100% das ações da Inco emitidas e em circulação, a CVRD desenvolverá todos os esforços e tomará as medidas necessárias para comprar as 56.189.554 ações da Inco remanescentes no mercado", diz o comunicado. O prazo da oferta aos acionistas da canadense foi prorrogado para 3 de novembro. "A companhia espera concluir em breve transações de refinanciamento do empréstimo-ponte, com os objetivos de preservar a vida média de sua dívida em nível próximo ao registrado antes da aquisição, superior a sete anos, manter perfil de endividamento de baixo risco e minimizar o custo ponderado do capital, de modo a assegurar a consolidação de sua boa reputação nos mercados financeiros globais."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.