Venda de blue chips faz bolsa japonesa cair 1,9%

A venda de blue chips em Tóquio nesta segunda-feira foi motivada pelos dados do PIB norte-americano no terceiro trimestre (menor do que o esperado) e pela alta do iene. O Nikkei 225 caiu 1,9%, ou 317,22 pontos, para 16.351,85 pontos, a maior queda em pontos desde 7 de agosto e o menor nível de fechamento desde 4 de outubro. A fraca expectativa de produção das indústrias japonesas, divulgada nesta manhã, também alterou o humor do mercado, fazendo com que arbitradores desfizessem suas posições de longo prazo. Entre as grandes quedas está Hino Motors, que na sexta-feira revisou sua expectativa de lucros para o ano fiscal. Seus papéis tiveram baixa de 6,5%. Dentre as exportadoras mais afetadas pela alta do iene, Bridgestone caiu 4,3%; Canon teve baixa de 3,4% e Honda fechou 3,3% abaixo do registrado no último pregão. Os investidores reagiram positivamente às notícias de que a grande demanda de clientes que queriam mudar seu serviço de telefonia celular para o Softbank resultou na queda do sistema da empresa. Os problemas ocorreram durante o primeiro final de semana depois de implementada a nova lei que permite aos usuários de telefonia celular trocar de operadora sem mudar o número do telefone. Softbank subiu 0,8%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.