Vendas da indústria de construção caíram 12% em 2009

As vendas da indústria de materiais de construção no País caíram 12,27% em 2009 na comparação com 2008, segundo divulgou hoje a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). A retração ficou em linha com a última projeção feita pela entidade, de queda de 12%.

CHIARA QUINTÃO,

20 Janeiro 2010 | 18h22

Em nota, a Abramat reiterou a previsão de aumento de venda de materiais de 15% em 2010, com base na perspectiva de expansão das atividades das incorporadoras e do consumo de materiais pelas famílias, além do início das obras de infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014.

Em dezembro de 2009, as vendas domésticas de materiais cresceram 4,25% ante o mesmo mês do ano anterior. Foi o segundo mês de expansão das vendas em relação ao período equivalente de 2008, o que, de acordo com a Abramat, confirma a tendência de retomada do setor. A base de comparação, no entanto, é mais fraca, uma vez que no final de 2008 o setor já sentia os efeitos do acirramento da crise.

O número de trabalhadores contratados pela indústria de materiais de construção cresceu 2,05% em dezembro ante o mesmo mês do ano anterior e aumentou 3,52% em relação na comparação com novembro de 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.