Venezuela anuncia compra de duas fábricas da Parmalat

A Venezuela anunciou que chegou a um acordo para a compra de duas plantas da Parmalat no país. A informação foi divulgada hoje pelo vice-ministro da Indústria Leve, Elio Colmenares, no site da Agência Bolivariana de Notícias (ABN), controlada pelo governo. "Em breve, essas fábricas estarão registradas como propriedades do Estado venezuelano", declarou.As fábricas em questão estão localizadas nas cidades de Machiques e Barquisimeto. Ao todo, a multinacional italiana possui sete fábricas no país.A aquisição das plantas pelo governo venezuelano vem sendo negociada desde 2004. De acordo com Colmenares, a demora na compra se deve ao fato de que ambas as partes precisam consultar cada proposta com a comissão encabeçada pelo vice-presidente da Venezuela, José Vicente Rangel, e com o governo italiano antes da tomada de decisões definitivas. Mesmo assim, confirma o vice-ministro, as negociações estão "encerradas, ainda que não concretizadas legalmente".Finalizada a compra, o governo venezuelano deve transferir parte do controle das duas fábricas para trabalhadores, que dividiriam os lucros e a gestão operacional. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

03 de agosto de 2006 | 19h36

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.